Como Se Livrar de Pensamentos Negativos?

Autopunição muitas vezes se esconde como autocontrole – é por isso que é crucial tratar o pensamento negativo com gentileza.

Por:
Gil Sant'Anna

Autopunição muitas vezes se esconde como autocontrole –  é por isso que é crucial tratar o pensamento negativo com gentileza.

 

Mindfulness e Pensamentos Negativos

 

“Você trouxe uma arma para atirar em mim hoje?” Quando ela recuou, eu expliquei para a pessoa de RH da Google que estava me interrogando que esta foi a forma bonita do meu mestre de perguntar se eu estava terminando a terapia.

 

Eu provavelmente não deveria ter mencionado isso durante uma entrevista de emprego, mas o meu potencial empregador estava me perguntando se eu já tive um encontro difícil com um profissional da saúde, e eu soltei isso. Isso tende a acontecer quando estou cansado ou sob pressão. Eu digo e, em seguida, a cascata de pensamento negativo começa “Por que eu disse isso ?!”, “Agora eu sou provavelmente um caso psico-na-cara da Polícia.” “Agora terei problema com meu passaporte!“, ”Sempre. SEMPRE!”.

 

Percebo o quão crucial é se aproximar do pensamento negativo com gentileza. Isso é fácil de dizer, mas a autopunição, muitas vezes esconde-se como autocontrole, o que só faz com que esses pensamentos e sentimentos entrópicos e negativos girem ainda mais.

 

Esses pensamentos me consomem quando eles surgem, mas as evidências sugerem que ainda que convincentes,pensamentos não são fatos. Como instrutor de mindfulness, esta é uma das principais idéias que eu compartilho com meus alunos e que eu tento me lembrar quando pensamentos negativos chegam como um furacão no meu cérebro, como milhares de crianças pequenas gritando e pedindo doce no dia de São Cosme e Damião. (Desculpem-me por isso, crianças. Fiquem atentas no meu artigo sobre alimentação mindful.)

 

Percebo o quão crucial é se aproximar do pensamento negativo com gentileza. Isso é fácil de dizer, mas a autopunição, muitas vezes esconde-se como autocontrole, o que só faz com que esses pensamentos e sentimentos entrópicos e negativos girem ainda mais.

 

As chances são de que a cada momento não estaremos atentos (mindful). Às vezes, nós vamos deixar escapar, ou tropeçar, ou esmagar nós mesmos e aos outros.

 

Quando minha mente está especialmente brava, as vezes pode ser difícil encontrar um ponto de entrada para a prática. Para mim, principalmente há alguns anos, cultivar a mansidão mental era muito desafiador. É preciso paciência, mas eu descobri que quando eu uso minha respiração como uma âncora para entrar em contato com o que está sendo ativado dentro de mim – como porventura, talvez, possivelmente, de alguma forma, como estou com medo de receber as sensações que acompanham estes pensamento ameaçadores.

 

As chances são de que a cada momento não estaremos atentos (mindful). Às vezes, nós vamos deixar escapar, ou tropeçar, ou esmagar nós mesmos e aos outros. Pode parecer horrível acolher sensações desagradáveis da mente e do corpo. Aprender a deixar ir e aceitar suavemente pode tornar mais fácil de reconhecer que estes pensamentos negativos são muito familiares e parecem correr em quando nossa energia ou humor está pra baixo.

Engraçado, eu nunca ouvi de volta sobre essa vaga de emprego. Eventualmente, eu percebi que eu não estava indo para ouvir, quando ela não retornou e nem retornaria nenhuma das minhas ligações, e-mails ou tweets.

Ah bem. Em momentos de dificuldade eu suavemente retorno para a respiração. Não como algo altamente espiritualizado, mas é como um engenheiro sempre recorresse a sua régua, seu lastro. Minha respiração é minha régua, o meu lugar para perceber e liberar pensamentos agressivos enquanto eles tentam aprisionar e torturar-me, mais, e mais. E isso é um fato.

Baixe gratuitamente o livro com técnicas de equilíbrio emocional na sua vida universitária.

Gil Sant'Anna

Gil Sant'Anna é professor de Habilidades Socioemocionais no ambiente universitário.  Leciona essa disciplina livre na Universidade Federal do Rio de Janeiro e é pesquisador assistente em Neurociência no Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino.
É TED Speaker, instrutor de Mindfulness e Certificado em Treinamento em Compaixão por Stanford University.
Gil ama Aprendizado Emocional e acredita que esse tem a força necessária para mudar a educação do Brasil.

Baixe Gratuitamente o Livro que Ensina Técnicas de Equilíbrio Emocional na Universidade.