Qual a quantidade de tempo certa para meditar?

Oi Gil - Depois de conseguir manter minha meditação de 10 minutos com seu treinamento na seção básica, eu decidi partir para as seções de 20 minutos. Mas eu achei muito difícil manter por 20 minutos. O tempo da meditação importa? Eu devo fazer 20 minutos porque é mais difícil para mim ou eu devo fazer 15 minutos porque 10 parece fácil e 15, um bom equilíbrio?

Por:
Gil Sant'Anna

Oi, obrigado pela sua pergunta, ela levanta vários pontos importantes: quanto é demais? Qual é a quantidade ideal de tempo para se sentar em meditação? E uma sessão mais difícil significa que estamos obtendo melhores resultados?

Vamos pegar uma por vez ...

Se você sente que é muito tempo, provavelmente é. É melhor abordar a meditação como qualquer outra coisa na vida: comece pequeno, construa o hábito devagar e encontre seu próprio ponto pessoal. Para algumas pessoas, esse ponto ótimo é de 10 minutos e, para outros, é de 60 minutos.

Para começar, o mais importante é encontrar um tempo que parece alcançável e que nos mantenha motivados. Sem isso, nunca se tornará parte de uma rotina diária estabelecida. Também é importante lembrar que, quando se trata de consciência e compaixão, a qualidade sempre supera a quantidade, por isso é muito melhor cultivar ativamente essas qualidades do que ficar sentado como uma estátua imaginando quando a sessão terminará. (Nós estávamos todos lá!)

Então, qual é a quantidade ideal? Bem, a ciência ainda está trabalhando com essa equação. Muitas das descobertas recentes parecem apontar para a frequência em vez da duração. Então, por exemplo, 10 minutos por dia, todos os dias da semana, provavelmente será muito mais benéfico do que 70 minutos em um dia da semana. Isso também reflete os ensinamentos tradicionais da meditação, que, obviamente, respeitam o valor das longas sessões em certos ambientes e para aqueles com muita experiência, mas que muitas vezes incentivam uma atitude de "pouca e freqüentemente". Essa abordagem de tamanho pequeno nos ajuda a descobrir a estabilidade da consciência em nossas vidas cotidianas, ao invés de apenas uma prática isolada que fazemos e depois deixamos para trás.

Quanto à pergunta final: sem querer ficar em cima do muro, tudo é equilíbrio. Se você sente que a sessão está insuportável e continua a sentir insuportável, e não conseguimos descobrir a fonte dessa resistência, então não é tempo bem gasto. Ao mesmo tempo, muitas vezes é nessas sessões mais desafiadoras que descobrimos mais sobre nós mesmos. 

Mas o tempo por ele mesmo é improvável que seja um bom parâmetro disso, então seria minha recomendação que ficasse com o seu ponto ótimo, 15 minutos, um pouco mais de 10 minutos, então é um desafio, mas não 20 minutos para que não seja inútil ou desmotivante. Parece um bom plano?

Deixe-nos saber como você começa e nós iremos ter certeza de dar uma olhada em como podemos dar melhores orientações sobre a duração para aqueles que começam na jornada de mindfulness por aqui.

Com carinho, 

Gil.

INSCRIçÕES PARA O CURSO ONLINE 2018

Gil Sant'Anna

Gil Sant'Anna é professor de Habilidades Socioemocionais no ambiente universitário.  Coordena o Programa de Atenção e Resiliência Acadêmica e é assistente de pesquisa em Neurociências no Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino.
É TED Speaker e instrutor de Mindfulness.
Gil deseja transformar o Brasil em referência mundial em promoção ao bem-estar do estudante.

Inscreva-se no Programa de Atenção e Resiliência Acadêmica (PARA) gratuitamente

QUERO AGORA!