Quão emocionalmente consciente é você?

Sem poder reconhecer seus sentimentos, você não pode controlá-los. Isso inevitavelmente afeta sua disposição - e resultados - na faculdade e no trabalho.

Por:
Gil Sant'Anna

Se você perguntasse para o Guilherme, um designer de iluminação em uma empresa de arquitetura conhecida, se suas emoções afetam seu trabalho, ele riria. Ele diria que o que importa é a capacidade de transformar a visão de um cliente para o seu prédio em um design que seja prático e esteticamente agradável. Seus sentimentos não têm nada a ver com isso.

Pergunte aos colegas de trabalho de Guilherme e você vai ouvir uma história completamente diferente. Eles vão te dizer que seu trabalho com clientes e colegas de trabalho é inconsistente. Se ele estiver de bom humor, tudo vai bem. Mas quando está irritado ou frustrado, suas interações sofrem. Ele não escuta bem e mostra desprezo pelas sugestões do cliente. Inevitavelmente, os clientes rejeitam seus projetos iniciais porque ele não incorporou com precisão seus desejos. E, seus colegas de trabalho sabem como evitá-lo quando ele está de mau humor.

Claramente, o fracasso do designer em identificar seus sentimentos e como eles influenciam seu comportamento prejudica seu desempenho no trabalho. O que ele não tem é autoconsciência emocional.

O que é Consciência Emocional?

A consciência emocional é a capacidade de reconhecer e entender suas emoções e como elas afetam o seu comportamento. Você saber como se sente e por que se sente assim. E, você consegue ver como seus sentimentos ajudam ou prejudicam o que você faz. Você também tem uma sensação precisa de como as outras pessoas o vêem. A consciência emocional é diferente da consciência cognitiva que se concentra em seus pensamentos e idéias ao invés de seus sentimentos.

A consciência emocional é uma das competências (habilidades aprendidas ) em meu protocolo de Atenção e Resiliência Acadêmica. Guilherme não está emocionalmente consciente de si mesmo, mas ele poderia desenvolver essa consciência. A consciência emocional também inclui competências relacionadas ao gerenciamento de suas emoções, consciência dos outros e gerenciamento de relacionamentos.

Você Pode Desenvolver Consciência Emocional

Reconhecer seus sentimentos e sua influência em suas ações é uma habilidade que você pode desenvolver, assim como você pode construir sua técnica de ginástica ou tênis. E, como com os diferentes níveis dessas atividades, perceber seus sentimentos não é algo que você faz uma vez e depois para sempre. É algo que leva a atenção e prática para desenvolver e então a atenção diária para manter, assim como a atenção plena (mindfulness).

Uma ferramenta chave para a autoconsciência é sintonizar seu corpo. Quando você está aterrorizado ou furioso, seu coração pulsa em uma taxa muito mais rápida do que quando você está calmo. Você pode começar a suar ou respirar mais rapidamente. Ou os músculos das costas e ombros podem estar tensionados.

Perceber seus sentimentos e sua influência em suas ações requer atenção e prática para se desenvolver, e então atenção diária para manter, assim como a atenção plena (mindfulness).

O pesquisador Richard Davidson, do Center for Healthy Minds da Universidade de Wisconsin, explica que cada um de nós tem um mapa do nosso corpo em nossos cérebros. A parte do nosso cérebro chamada de ínsula tem células específicas que se relacionam com diferentes órgãos em nosso corpo. Grupos de células na placa são sintonizados em nosso coração, pulmões e outros órgãos. Os neurocientistas chamam a nossa capacidade de detectar a freqüência cardíaca, a tensão muscular e outros sinais corporais de interocepção. A ínsula transmite sinais do nosso corpo para áreas do nosso cérebro que decidem a importância desses sinais e o que fazer com a informação.

Saiba mais sobre consciência emocional

Para saber mais sobre o assunto, não deixe de se inscrever no Programa de Atenção e Resiliência Acadêmica que vai começar no dia 22 de março. O curso conta com os maiores especialistas do Brasil em cada assunto da semana e vai acontecer inteiramente online.

Uma dica, o curso é realmente mais proveitoso quando você o faz junto com alguém que você conhece. Recomendo fortemente que você o indique para seus próximos.

Inscrições aqui

INSCRIçÕES PARA O CURSO ONLINE 2018

Gil Sant'Anna

Gil Sant'Anna é professor de Habilidades Socioemocionais no ambiente universitário.  Coordena o Programa de Atenção e Resiliência Acadêmica e é assistente de pesquisa em Neurociências no Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino.
É TED Speaker e instrutor de Mindfulness.
Gil deseja transformar o Brasil em referência mundial em promoção ao bem-estar do estudante.

Inscreva-se no Programa de Atenção e Resiliência Acadêmica (PARA) gratuitamente

QUERO AGORA!